by: Rafael Morais Chiaravalloti*
 

Eu nunca fui o melhor em nada. Desde muito pequeno faço esporte, mas jamais ganhei o primeiro lugar. Embora tenha estudado em mais de sete escolas durante minha adolescência, jamais tive as melhores notas. Após o colégio, mesmo com um ano de cursinho, não passei nos melhores vestibulares. Na faculdade, sempre fui mediano e, durante os meus estágios, nunca fui o mais esperto e perspicaz estudante. Mesmo naquelas coisas que me atraíam muito, nunca consegui estar no topo de nada. No mestrado, passei em último lugar e minha tese estava longe de ser a melhor.

Leia o artigo na íntegra aqui.

 

 

Help us spread the word.

If you know someone who is interested in this field or what we are doing at the foundation, pass it along.

Get Involved
 
 

Related Stories